• iPhone 6 Cases

  • Best iphone 6 cases

  • sunglasses Cheap

  • Nike Free Run Pas cher

  • ayersmissionviejo.com

  • Cheap Oakleys

  • accugram.us

  • nikefreerun.genoulaz.fr

  • longchampbq.fr

  • sac longchamp pas cher

  • progressprinting.us

  • www.theofleurybook.com

  • Sac Vanessa Bruno pas cher

  • Sac Vanessa Bruno Soldes

  • Cabas Vanessa Bruno Pas cher

  • France Cabas Vanessa Bruno

  • Vanessa Bruno Pas cher

  • Sac Longchamp pas cher

  • Longchamp Pas cher

  • Sac à Main Longchamp pas cher

  • Sac Longchamp Pliage Pas cher

  • Sac Longchamp Pliage Soldes

  • Sac Vanessa Bruno Soldes

  • teachmemusic.fr

  • saclongchamppascher.inseto.fr

  • medstract.com

  • Sac Micheal Kors Pas cher

  • Sac à main MICHAEL KORS

  • Longchamp Sac Soldes

  • Longchamp Pliage Pas cher

  • Sac Longchamp Pas cher

  • Goedkope Moncler Jas

  • Goedkope Moncler Jassen

  • Netherland Moncler Outlet

  • Billiga Canada Goose Parka

  • Canada Goose jackor Sale

  • www.bde-gide.de

  • www.klimacent.de

  • www.nachtflug-life.de

  • www.rothspielscheibe.de

  • www.tesnettsq.de

  • www.technokueche.de

  • www.articlesroltiss.net

  • www.adcamps.net

  • www.barroyal.net

  • www.envisiontelepharmacy.net

  • Logotipo
    Conteúdo Gospel de Qualidade!

    Artigos e Mensagens – Antes tarde do que nunca


     Powered by Max Banner Ads 

    Artigos e Mensagens - Antes tarde do que nuncaA história de um homem que adiou o seu encontro com Jesus

    Amélia, moça com seus vinte anos, recém-casada, com uma filha de dois anos, entregou sua vida a Jesus durante um culto que eu conduzia todas as terças-feiras num bairro de Três Corações. Ela fez a oração de confissão dos pecados e alegre ouviu as primeiras recomendações: “A partir de hoje você é filha de Deus e a promessa da Palavra é de que a salvação não é só para você. Ela veio para toda a sua família. Todos conhecerão a Palavra de Deus e se converterão. ‘Crê no Senhor Jesus Cristo, e será salvo, tu e a tua casa’, Atos 16.31”. Contente, Amélia tomou posse daquela palavra e passou a orar pela salvação de toda a sua família.

    No dia seguinte, eu e minha esposa fomos à casa de Amélia para iniciarmos a consolidação, mas também conhecer seu marido que, para nossa surpresa, se trancou no quarto evitando nos receber. Mas isso não impediu que fizéssemos o discipulado. Ao final da visita, perguntamos a Amélia qual era a maior necessidade da família. Ela respondeu que precisava de um emprego para o marido. Prontamente oramos, mas em alto volume, para que o marido de Amélia nos ouvisse de dentro do quarto: “Deus, mostra a tua glória nesta casa. Que amanhã o marido dessa sua serva esteja empregado, em nome de Jesus, amém!”

    Na manhã seguinte, bem cedo, um padrinho de casamento do casal que há meses não os visitava bateu à porta e chamou o marido de Amélia: “Arrume- -se rápido. Daqui a pouco você tem entrevista de trabalho numa empresa. Arrumei um emprego para você”. Aquele homem viu a glória de Deus, recebeu a bênção e, algum tempo depois, também entregou a vida a Jesus. Algumas semanas depois, a mãe de Amélia também se entregou a Jesus. Pouco a pouco, a promessa foi se cumprindo naquela família. Somente o pai de Amélia, o senhor Geraldo, e seu filho, de mesmo nome, não cediam ao amor de Deus.

    Seu Geraldo, mineiro, 73 anos, era franzino e usava um chapéu de palha. Era um homem de poucas palavras; porém, decididas: “Vamos deixar esse negócio de ser cristão mais para frente. Eu já tenho a minha igreja”. Depois de muitas tentativas, lembrei que meu trabalho é pregar o Evangelho, pois quem convence uma pessoa do pecado, da justiça e do juízo é o Espírito Santo (João 16.8), por isso, descansei em Deus por muitos meses.

    Ao retornar de um curso de seis meses em Belo Horizonte, encontrei Amélia e perguntei pelo senhor Geraldo, seu pai. Infelizmente, ele ainda não havia se decidido por Jesus, mesmo diante da transformação de vida de seus familiares. Indignado com tanto desdém à Palavra de Deus, mandei um recado a ele: “Pois avise-lhe que, amanhã, segunda- -feira à noite, vou visitá-lo!”.

    Às 19 horas em ponto, eu estava na residência do resistente senhor Geraldo com a minha Bíblia em mãos para falar de Jesus mais uma vez. A casa era escura e em todas as paredes havia pinturas de santos, além da cruz com o Jesus morto. Pensava comigo: “Como alguém com mais de setenta anos podia adiar alguma decisão em sua vida?” Falei por mais de duas horas sobre o amor de Deus ao senhor Geraldo e ao seu filho, moço com mais de trinta anos que me ouvia atentamente. Finalmente, às 22 horas, fiz o apelo: “Seu Geraldo, o senhor quer aceitar Jesus como seu salvador?” Para minha surpresa, quem prontamente disse “sim” foi o filho, mas o senhor Geraldo permaneceu mudo.

    Assim que terminei de orar pelo Geraldo Filho, o senhor Geraldo se levantou e disse com bastante convicção: “Eu também quero aceitar Jesus na minha vida. E digo mais. Todos esses santos que estão pregados na parede da minha casa nunca me serviram de nada. Pode pegar todos e jogar fora”. Chorando nos abraçamos sentindo a presença de Deus naquela casa. Foi uma das grandes alegrias que tive na vida. Valeu a pena ser persistente. Uma situação é ver um jovem se render aos pés de Jesus, outra é contemplar um homem com mais setenta anos ter seus olhos abertos e entender realmente o que significa Jesus ser o caminho, a verdade e a vida. Houve festa no Céu naquela noite porque mais dois nomes foram escritos no Livro da Vida (Lucas 15.7).

    Naquela semana viajei e só voltei no domingo à noite. A primeira pessoa que procurei na igreja foi Amélia, queria saber do seu pai. Séria, Amélia passou a relatar os últimos acontecimentos. O senhor Geraldo realmente se convertera a Jesus. Todos os dias da semana ele visitara uma igreja diferente buscando escolher aquela em que melhor se adaptasse. Todavia, na sexta-feira à tarde ele passou mal e faleceu à noite. “Sepultamos ele, ontem à tarde. Mas felizmente ele morreu convertido e, certamente, está no Céu agora, com Jesus”, finalizou Amélia.

    Sempre que me lembro desse episódio, dou graças a Deus por ter insistido com aquele senhor. Se eu tivesse adiado aquela visita será que o senhor Geraldo teria se convertido? Se você que leu esta história está adiando a decisão de se entregar a Jesus, gostaria de lembrá-lo do texto de Isaías 55.6: “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto”. Amanhã pode ser tarde demais.

    Pr. Atilano Muradas 

    Fonte:http://www.lagoinha.com ,mais um Parceiro Eterno Jesus

    Tagged as: , , , , , , ,

    Deixe o seu Comentário

    Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.