Logotipo
Entretenimento,Evangelismo e Informação

Família – Vida Cristã – Os 10 desafios de um cristão fiel



Todos nós vivemos momentos decisivos. Temos que tomar atitudes. A maioria dos homens sente o peso de ser o provedor financeiro da família, de tentar ser um bom marido e pai, de resistir às tentações de um mundo que visa arrastá-lo para baixo. Alguns homens reagem prontamente e seguem adiante, outros, porém, experimentam avanços e retrocessos em suas jornadas espirituais, alternando direções e magoando pessoas nesse processo. Precisamos avançar em nossa jornada espiritual, tornando-nos cada vez mais semelhantes a Cristo. Somos desafiados diariamente em várias áreas de nossa vida. Como temos lidado com isso? Vamos ver alguns desafios que vivemos em nossa vida:

1-Compromisso com Deus

Jesus Cristo nos chama para termos um compromisso com Ele como pessoa. Quando você está comprometido com uma pessoa, não pode deixar de refletir seus valores e adotar sua perspectiva. Você não consegue deixar de se importar profundamente com aquilo com que ela se importa. No nosso relacionamento íntimo com o Senhor, recebemos um convite singular para buscar o melhor. Todo homem deve considerar o relacionamento com Cristo sua prioridade máxima (Mt 22.37).

2- Amar sua esposa (ef 5.25-28)

A maioria dos homens ainda não compreende como Cristo amou a igreja (o povo de Deus), e por isso acha duplamente difícil amar a esposa de uma forma que não compreende. O amor bíblico é o amor ágape, é um amor incondicional, é uma atitude espontânea, como homem cristão é assim: devemos amar a nossa esposa.

3-Amar os filhos

Que pai não estaria disposto a morrer pelo filho? Se estamos dispostos a chegar ao ponto de morrer por nossos filhos, por que será que frequentemente não estamos dispostos a viver por eles? Precisamos passar tempo com eles, viver uma aventura com eles, algo que lhes marque para toda a vida. Precisamos escutá-los, participar das suas lutas, temores, decepções, vitórias, como homem de Deus ser pais segundo o coração de Deus.

4-Ser um homem íntegro

Durante o decurso de um dia normal temos dezenas de oportunidades de mentir, enganar, furtar, prostituir etc. Se precisarmos resolver, cada vez que tomamos uma decisão, se vamos ou não ser honestos, consumimos muita energia e corremos o risco de tomar uma decisão desatentamente e comprometer a nossa integridade. Em vez disso, por que não resolver a questão da integridade? Por que não resolver de uma vez por todas que você sempre será honesto? Ao resolver a questão de uma vez por todas, e decidir sempre escolher o caminho estreito – sempre ter integridade – podemos nos livrar do cativeiro, de tomar centenas de decisões diárias, essas decisões pequeninas que, como água pingando sobre uma pedra, podem desgastar o nosso caráter. Podemos remover a tinta da desonestidade que sombreia a vida de tantos homens.

5-Ser um homem puro sexualmente

Nossos corpos não foram feitos para a imoralidade sexual, mas para o Senhor, que nos criou e nos chamou para viver em pureza sexual (1Ts 4.1-8). A vontade dele é que todo cristão seja puro sexualmente – em seus pensamentos, em suas palavras e também em suas ações. Devemos como homem cristão fazer como Jó, uma aliança com nossos olhos (Jó 31.1).

6- Obter amigos de verdade

Muitos homens estão passando por crises terríveis, têm enfrentado grandes desafios em todas as áreas de suas vidas, mas a maioria está só, sem amigos, enfrentando suas lutas, seus medos, suas dificuldades e muitos estão sendo derrotados. As amizades podem proporcionar oportunidades únicas para o crescimento espiritual, principalmente quando fazemos um pacto de ser mutuamente sensíveis e transparentes e falar a verdade.

7- Ser autêntico e transparente 

Normalmente, fingimos que não temos um problema. Achamos que para sermos amados e aceitos temos que passar uma imagem de perfeitos. Mas é justamente ao contrário, quando somos verdadeiramente conhecidos é que somos mais amados. Nunca tente passar algo que você não é.

8 – Ser um homem de oração

A oração nos faz dependentes de Deus e nos leva a fazer a Sua vontade. Não devemos orar por obrigação, mas sim por um desejo de estar com o Pai. Somos livres para orar da maneira que melhor contribua para vivermos na alegre consciência da presença de Deus (Mt 6.6).

9 – Vencer a tentação

A tentação é dolorosa para nós, porque quando cedemos, ela não machuca por fora; machuca por dentro. A tentação procura fazer que nosso apetite e vontades sobrepujem nossos valores mais profundos. Ela ataca onde somos mais vulneráveis. Sempre que tenho um desejo, o Espírito me induz a apresentá-lo diante de Deus e perguntar: ”O que o Senhor quer que eu faça com isso?” (1Co 10.13).

10 – Ter prioridades

Para termos maior controle sobre nossa vida, precisamos decidir antecipadamente a que nos dedicaremos. O objetivo de estabelecer prioridades é o de distribuir quantidades limitadas de tempo e dinheiro àquilo a que Deus nos orientar. O que é importante para Deus? A resposta revela quais devem ser as nossas prioridades. As prioridades nos ajudam a limitar o nosso enfoque. Deus deseja que vivamos pelas prioridades bíblicas, que sejamos cristãos bíblicos. Valores seculares conduzem a prioridades seculares e valores bíblicos conduzem a prioridades bíblicas. Decida permitir que Cristo explore cada aposento íntimo de sua mente. Ele deseja dar-nos poder de arrebentar o molde deste mundo e levar uma vida cristã autêntica. Mas isso requer esforço diário de nossa parte, isso requer vencer cada desafio que nos é apresentado, e assim seremos verdadeiros HOMENS DA PROMESSA.

Pr. Marco Túlio

Saiba mais sobre o assunto. Ligue para o pastor Marco Túlio: (31) 8402-1586.

:http://www.lagoinha.com ,mais um Parceiro Eterno Jesus

Tags: , , , , , , , , , ,

Participe!Deixe o seu Comentário!

Comentário aguardando ser liberado pela moderação.Agradeço a sua participação!

WP-SpamFree by Pole Position Marketing