• iPhone 6 Cases

  • Best iphone 6 cases

  • sunglasses Cheap

  • Nike Free Run Pas cher

  • ayersmissionviejo.com

  • Cheap Oakleys

  • accugram.us

  • nikefreerun.genoulaz.fr

  • longchampbq.fr

  • sac longchamp pas cher

  • progressprinting.us

  • www.theofleurybook.com

  • Sac Vanessa Bruno pas cher

  • Sac Vanessa Bruno Soldes

  • Cabas Vanessa Bruno Pas cher

  • France Cabas Vanessa Bruno

  • Vanessa Bruno Pas cher

  • Sac Longchamp pas cher

  • Longchamp Pas cher

  • Sac à Main Longchamp pas cher

  • Sac Longchamp Pliage Pas cher

  • Sac Longchamp Pliage Soldes

  • Sac Vanessa Bruno Soldes

  • teachmemusic.fr

  • saclongchamppascher.inseto.fr

  • medstract.com

  • Sac Micheal Kors Pas cher

  • Sac à main MICHAEL KORS

  • Longchamp Sac Soldes

  • Longchamp Pliage Pas cher

  • Sac Longchamp Pas cher

  • Goedkope Moncler Jas

  • Goedkope Moncler Jassen

  • Netherland Moncler Outlet

  • Billiga Canada Goose Parka

  • Canada Goose jackor Sale

  • www.bde-gide.de

  • www.klimacent.de

  • www.nachtflug-life.de

  • www.rothspielscheibe.de

  • www.tesnettsq.de

  • www.technokueche.de

  • www.articlesroltiss.net

  • www.adcamps.net

  • www.barroyal.net

  • www.envisiontelepharmacy.net

  • Logotipo
    Conteúdo Gospel de Qualidade!

    Notícias Gospel – Saiba como foi as atividades sociais com o Ao Cubo na Fundação Casa, antiga Febem em São Paulo


     Powered by Max Banner Ads 

    As atividades sociais com o Ao Cubo na Fundação Casa, antiga Febem em São Paulo,  completou 6 anos. Com um trabalho através do hip-hop desde 2005, o grupo decidiu ir além das críticas verbais à falta de incentivo aos menores carentes por parte do governo.

    O grupo visita, pelo menos uma vez por mês uma unidade da FEBEM, onde fazem shows, dão palestras e conversam com os internos. O Ao Cubo afirma que pretende levar auto-estima para a periferia, tirar a as crianças das ruas e dar-lhes uma profissão e uma crença. Afirmam também que nas visitas a experiência de vida é via de duas mãos, onde a impressão que dá é que os dois lados aprendem coisas novas.

    O trabalho vêm se estendendo ao longo dos anos e não para de aumentar os convites e o número de visitas. Com este trabalho, o grupo pretende mudar o mundo dos menores e incentivá-los a procurar opções de vida fora do crime.

    “Muitas vezes nos desligamos dos problemas sociais por achar que não é de nossa conta, sendo que é, porque se não fosse, não teríamos medo das ruas e da criminalidade”

    Certamente nas visitas a experiência de vida é via de duas mãos, onde a impressão que dá é que os dois lados aprendem coisas novas. Uma das coisas aprendidas nesses lugares é quando percebemos que essas crianças são da nossa conta, da conta da sociedade e não só do governo, e se não fosse, não teríamos medo das ruas e da criminalidade.

    Sabemos que esse trabalho ainda não é o ideal para percepção da sociedade, mas nesse passo de formiga, conseguimos ver nitidamente que somos capazes de mudar o mundo, nem que seja o mundo de uma pessoa.

    Confira algumas fotos no facebook.com/aocubooficial

    Obrigado

    Equipe Ao Cubo 

    Edição Eterno Jesus

    Tagged as: , , , , , , , , , , , , ,

    Deixe o seu Comentário

    Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.